4 de abril de 2010

Sagrar-se


"Para viver um grande amor, primeiro é preciso sagrar-se cavalheiro e ser de sua dama por inteiro — seja lá como for. Há que fazer do corpo uma morada onde clausure-se a mulher amada e postar-se de fora com uma espada — para viver um grande amor.

Para viver um amor, na realidade, há que compenetrar-se da verdade de que não existe amor sem fidelidade — para viver um grande amor. Pois quem trai seu amor por vanidade é um desconhecedor da liberdade, dessa imensa, indizível liberdade que traz um só amor." (Vinícus de Moraes)

E alguém discorda que para se viver um grande Amor é preciso sagrar-se caveleiro de uma dama só? E que não existe amor sem fidelidade? E alguém discorda que os dois podem andar de mãos dadas?

2 comentários:

Amapola disse...

Adorei!!
Eu nunca acreditei em amor sem fidelidade.

Um grande abraço.

Aline Schons disse...

Muito lindo, ainda não havia lido este.

Abs!!!