13 de novembro de 2010

Tantos Caminhos: a festa continua - parte VII

Hoje, trago para a nossa festa, dois queridos amigos: Veloso, blog Baú do Veloso e o Gilmar, do blog Caminhar & Ruminar. Espero que gostem!

As Tirinhas do Veloso





E como vocês, o amigo Gilmar:

Se eu fosse mulher por um dia...

Cupid's Arrow, de José de Almeida & Maria Flores

Se eu fosse mulher, por um dia, queria desconhecer o cansaço e a irritabilidade da rotina, nos afazeres de casa. Não conseguiria ser essa mulher multifunções, "multitudo". Essa mulher "prendada" não sobreviveria!

Queria navegar em descobertas esfuziantes e a primeira curiosidade seria sobre os "mistérios" que povoam o banheiro feminino. Saber porque se vai ao banheiro feminino em duplas ou tríades, o que acontece lá dentro e porque o retorno é sempre acompanhado de largos sorrisos na face. Talvez sejam os encantos do "espelho espelho meu", em meio a bolsas recheadas de surpresas. Talvez...


Outra sensação, que deve ser deliciosa para se descobrir, seria o uso despudorado do cartão de crédito. Essa moeda plástica, que tantos desatinos provoca, tem seus segredos revelados em sapatos, roupas e outras tantas sacolas de grifes. Deve ser fantástica a emoção compulsiva das compras! Loja após loja, num infindável movimento de despir e vestir, até o "é esse"! Mais uma relíquia para o closet.


De outras tantas eu fugiria. Depilação então, nem pensar! Precisaria ser sofisticada, a laser ou qualquer outra tecnologia indolor. Nada de stress! Nada de baixas na autoestima!


De algumas não abriria mão: perfumes marcantes, hidratantes rejuvenescedores, peelings revigorantes, silhueta justa e contornos de violão, uma sereia que não exigisse dietas mirabolantes. Comer sem culpa, viver sem culpa! Por um só dia é até imaginável!


O melhor seria mesmo descobrir o "secreto" das falas, das conversas informais, dos segredos femininos discutidos sem receios, entre iguais. Saber tanto das dores quanto do êxtase! As aventuras inconfessas, as ousadias e transgressões segredadas.


Mas ser mulher, por um só dia, não seria apenas deliciar-me em futilidades da moda, medidas do corpo, pernas torneadas, bumbum enrijecido, pele delicada, cabelos tratados, cosméticos milagreiros e tantos outros "apetrechos" admoestadores do necessário embelezamento. Xô celulites, Xô estrias, Xô culotes. Por um só dia dá prá ficar sem tudo isso!


Ela também é espiritualizada, batalhadora, racional, ímpar. Eu seria então uma mulher superpoderosa, fazendo escolhas de felicidade, não as malogradas. Num só dia dá prá apostar nessas possibilidades.


Todas essas questões de ordem profissional, social e familiar, não seriam tão impossíveis de contornar, afinal, só um dia, passa rápido demais. A enxaqueca nem conseguiria se aproximar.


O grande problema seria controlar a libido. Ah, este seria um problema desastroso a se resolver. É que, enquanto mulher, ainda que só por um mísero dia, não me desvencilharia do meu lado "gay"!


"Arrgggg"! Homens? Nem pensar! Coisa mais esdrúxula, mais repugnante! Os trejeitos arrogantes, a empáfia de conquistadores, o machismo "imbecilóide", os hábitos constrangedores. Não! Isso já seria sacrificante, ultrajante até! Melhor revigorar o meu lado "gay", enquanto mulher!


O lado masculino, na mulher por um só dia, seria o imperativo a não escapulir dos traços. E ele é tão forte, tão encantado pela mulher, que mesmo em sua pele, seria impossível não se perder na beleza do olhar, no desenho dos lábios, no contorno da face, no convite dos olhos, na sedução do andar e no desejo que faz exalar!


Se eu fosse mulher, por um só dia, haveria de fazer sobreviver e sobrepor a todos os outros, a todo custo, o meu lado "gay"! Seria impossível, insípido e intragável imaginar diferente! 



Este texto participa da Blogagem Coletiva proposta pelo Espaço Aberto.

Continuem por aqui! A festa é sua, a festa é nossa. É de quem quiser, de quem vier!

26 comentários:

Maria Célia disse...

Ei Isa
Sensacional o texto do Gilmar, muito bom mesmo, adorei.
As tirinhas do veloso muito engraçadinhas.
Esta festa está sendo muito boa.
Bjos e boa noite

Chris Ferreira disse...

Oi Isa,
adorei essa festa.
As tirinhas do Veloso são 10!
E o texto do Gilmar também é fantástico.

Mariana disse...

Fantástico o texto do Gilmar, mostra sensibilidade e encanta.

Mônica Suñer disse...

Espero que esta festa dure muuuito! Adorei as tirinhas! Bjs

Luma Rosa disse...

Isa, esses meninos... são dois artistas!! As tirinhas são de um humor leve e sugestivo! Gilmar quase, quase que descobre o segredo feminino! (rs*) Bom domingo! Beijus,

Cacá disse...

Mais parabéns e parabéns, Isadora. suas escolhas estão agradando e muito . Adorei! abração. paz e bem.

Solange disse...

Isa,

adoro vir aqui e partir levando comigo essa gente linda que você indica e nos apresenta...

amei, os dois !

beijo carinhoso

Adriana Alencar disse...

Acho que, se fosse homem, seria metrossexual ou gay, é muito bom ser mulher!
Bj
Adri

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Isa!

O Veloso é uma jóia. As tirinhas dele me fazem muito bem.
E esse post do Gilmar foi explêndido!
Já elogiei no blog dele.

E que continue a festa!

Beijo grande e linda semana pra vc!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Isadora
Minha mãe sempre diz: quem faz a festa são os convidados. Parabéns , seus convidados , estão ótimos.
Bjux

HSLO disse...

Maravilhoso demais esse texto...

Amiga, obrigado pelo carinho deixado em meu blog viu.

abraços
de luz e paz


Hugo

HSLO disse...

Maravilhoso demais esse texto...

Amiga, obrigado pelo carinho deixado em meu blog viu.

abraços
de luz e paz


Hugo

Cantinho She disse...

Menina muito bom! Ahhh não sei como que vc me pediu um texto, que te deixei à vontade pra escolher, lá no meu Cantinho não tem nada a altura desses que vc tem colocado aqui não, é um melhor que o outro, show de bola todos. Muuuuuito bom esse texto do Gilmar e as tirinhas do Veloso tb que eu adoro. Seus convidados estão fazendo uma festa muito bonita, mas a anfitriã merece, né?
Beijo, beijo!
She

Macá disse...

Isa
Fiquei uma semaninha fora mas já vi que aqui a festa continua. Aproveitei para colocar em dia os textos postados durante essa semana.
Gostei muito e os de hoje também estão ótimos.
Esse do Gilmar então......
Olha, eu ganhei o selo Dardos e postei lá no blog explicando que, como tenho que oferecer a outros mas não sei as pessoas que o ganharam, escolhi todos os blogs que eu visito sempre, listados lá à direita. É só pegar e levar, ok?
beijos

Ronda disse...

Oi Isadora,
Sua festa de aniversário do blog é diferente das que eu já vi e estou adorando. Ótimo conhecer blogs que eu não conhecia, e ver bons textos de blogs amigos.
Ah, pelo jeito vai ter um texto da She, não é? :-)
Abraços!!

Carmen Mesquita disse...

É tão bom passear por aqui...

Vim te deixar um beijinhos!!!!!

Bom feriado!

Maria Dias disse...

Adorei a versão mulher deste q escreveu o texto de forma divertida, muito bem escrita e cheia dos detalhes!Só nao gostei da parte em q ele tira o fetiche pelos homens!Ah nós mulheres gostamos muito de vcs mesmo com todos este defeitos apontados... Somos sim dos detalhes e concordo sim com o q fala de vcs(homens) mas é tão bom quando nos juntamos não?rs...Falar a mesma lingua(impossível!) até pq homens são de Marte e as mulheres de venus mas quando acontecem os eclipses esquecemos toda a arrogancia,impáfia e tudo o mais!

Parabéns aos escritores eu amei o texto!rs...

beijinhos

Maria Dias

Tati Pastorello disse...

Isa, eu já conhecia as tiras do Veloso, que adoro. Mas o texto do Gilmar... Dei risada! Que decepção seria para ele descobrir que o tal mistério do banheiro feminino é tão insipiente... Ah, eu também gostaria de gozar tantos prazeres por um dia, dispensar a enxaqueca e os compromissos, as preocupações por um só dia!
Linda a maneira como ele expressa a beleza feminina. É lisonjeiro!
Sua festa está incrível. É mesmo na lista de convidados que garantimos um grande evento, você é ótima anfitriã. Estou adorando tudo!
Beijos.

Lis disse...

Oi Isadora
Gostei muito das escolhas , o Veloso com as tirinhas é fantástico, puro como uma criança ! e o Gilmar adorável com o texto que faz a gente se divertir.
a sua festa cada dia mais animada!
deixo abraços

VELOSO disse...

Isa muito obrigado pela postagem carinhosa andei meio sumido por vários motivos trabalho,tempo,viagem,computador vou acertando as coisas volto com mais tempo por aqui uma ótima semana minha amiga!

VELOSO disse...

Isa muito obrigado pela postagem carinhosa andei meio sumido por vários motivos trabalho,tempo,viagem,computador vou acertando as coisas volto com mais tempo por aqui uma ótima semana minha amiga!

Beth/Lilás disse...

Nossa! Como escreve bem este Gilmar!
adorei!
bjs cariocas

Daniel Savio disse...

Menina, o Veloso é Dez, tem cada tirinha de morrer de rir.

Mas cada sexo tem as suas caracteristicar particulares, sendo que cada tem de valorizar o que há de melhor no outro (seja homem, ou mulher).

Fique com Deus, menina Isadora.
Um abraço.

Dama de Cinzas disse...

Gostei do texto, bem engraçado!

Mas analisando pelo lado sério, precisaria ser mulher pelo menos por um ano pra entender um pouco de tudo isso... rs

E se ele fosse mulher ia gostar de homem... ahahah... Ia sim... ahahah


Beijocas

Gilmar disse...

Isadora! Saudades!

Estive inativo, por algumas semanas, por conta de alguns problemas, alguns desencontros e agora por conta de um problema técnico (meu pc pifou e com ele quase tudo que estava organizado se foi). Em breve, assim que o conserto do notebook permitir, volto à ativa.

Hoje quero apenas agradecê-la! Obrigado pela generosidade! Obrigado pela partilha, pela pertença permitida e pela presença, sempre viva, lá no Caminhar! Você faz muita diferença! Muita!

Meu carinho a você!

LILIANE disse...

Isadora
as tirinhas são muito bem feitas e o texto fantástico.
Convidados maravilhosos.
Você merece tudo de bom.