7 de junho de 2010

Vida Simples - Blogagem Coletiva - Amigos

Essa semana temos a segunda blogagem coletiva organizada pela Mila do milasville.blogspot.com e a proposta é Vida Simples: Amigos.


Quando o meu amigo está infeliz vou ao seu encontro, quando está feliz espero por ele. ( Henri Amiel)
 

Podemos contar a história da nossa vida através de nossos amigos. Conto aqui um pouco da minha história através de quatro grandes amigas

Ainda pequena, vamos lá, mais ou menos com uns nove anos, eu chegava em casa com meus pais de algum passeio e ao entrarmos na portaria do prédio encontramos com um casal com uma menina de sete anos. Eram nossos vizinhos. Naquele momento, ainda que tímidas e meio desconfiadas iniciamos uma brincadeira: pularmos os degraus da grande escada de mármore da entrada do prédio enquanto nossos pais conversavam.

Essa é a minha amiga Flávia, ou melhor, Flavinha. Amiga com a qual pulei muita amarelinha e elástico, na garagem. Foi junto com ela, eu já com uns doze anos, que fizemos amizade com algumas meninas do prédio ao lado e consequentemente com os meninos e logo nos transformamos em um bando de mais ou menos vinte pré-adolescentes. As primeiras festinhas, cinemas, praia, viagens. Ao lado dela vivi a pré-adolescência e uma boa parte da adolescência. O início da liberdade, ainda que supervisionada.

  (Eu e a Flavinha)

Um pouco mais velha com uns 17 anos, outra amiga (que fazia parte daquele bando de vinte) tornou-se mais próxima, a Gabriela, ou melhor, a Gabi e através dela conheci outra grande amiga a Elizabeth, ou melhor, a Beth. Nós três vivíamos juntas. Eram horas ao telefone, inúmeras viagens, inúmeros passeios. Ok vamos ser sinceras, saídas à noite mesmo.

Ora na casa de uma, ora na casa de outra conversando ou debatendo sobre nossas incertezas com relação ao futuro, a escolha de que faculdade cursar, o primeiro emprego, as alegrias e choros tão característicos dessa época. Nós três juntas vivemos inúmeras experiências umas boas, outra nem tanto, mas que fazem parte de nossas histórias. A Gabi é madrinha da minha pequena Beatriz. Eu sou madrinha da linda Giovanna, filha da Beth.










  (Eu e Gabi)

 (Beth)
  
Já com uns 32 anos e passando por um período meio nostálgico tentei reunir uma turma que estudou junta do CA até a sétima série, no Sagrado Coração de Maria. No primeiro encontro que marcarmos conseguimos reunir apenas 07 pessoas, porém a história correu até que conseguimos contatar quase todos que tinham estudado juntos nessa época. Desse grande grupo, de mais ou menos umas quarenta pessoas formou-se um grupo menor. Esse grupo encontrava-se sempre e namorados e maridos foram apresentados. Desse grupo, surgiu a Fernanda, ou melhor, a Fê e a amizade foi resgatada, porém mais que isso, ela chegou e ficou e isso aconteceu ao mesmo tempo em que as duas estavam passando por momentos bem complicados.

Nossas conversas são hilárias, mesmo que o motivo seja triste. Criamos teorias, desvendamos mistérios e elaboramos verdadeiros tratados antropológicos e psicológicos. Dividimos nossas alegrias, conquistas, medos e angústias e ainda que em alguns momentos uma não concorde com a outra temos total liberdade sim, de falarmos o que pensamos sem que isso ofenda e magoe, já que entendemos que amigos tem pontos de vistas diferentes. E uma sempre ajuda a outra colocando uma questão sobre um ângulo que a outra não tinha visto.
(Eu e Fê que também tem um blog Uma Divisão de Ideias  
e que me inspirou a dar continuidade ao meu) 

A blogagem é sobre Vida Simples Amigos, não é? Isso mesmo e toda essa história que contei trás consigo a simplicidade das grandes amizades. Amigas de toda uma vida.

A Flavinha mora uma rua depois da minha, a Beth, hoje, mora em Florianópolis, a Gabi, em Vargem Pequena e a Fê há alguns quarteirões da minha casa, mas o importante mesmo é que independente da proximidade física ou não, eu tenho a certeza de que se em algum momento, eu precisar delas, seja para compartilhar, seja para me dar um ombro amigos, elas estarão presentes. E isso é simples.


40 comentários:

Françoise disse...

Que forte e lindo o seu jeito de descrever das amigas. Isso é duradouro, não desaba jamais e é ai que mora o encanto da amizade. Gostei muito do seu post. As fotos revelam nitidamente a afinidade entre as quatro. Que a vida conserve vocês sempre unidas!!!
Beijos e boa semana.

Regina Coeli disse...

Olá Isadora,
Que delícia ler seu post, com docilidade você nos apresentou suas 4 GRANDE AMIGAS!!!
Sua narração tão viva me deixou muito emocionada, pois como você tenho a certeza absoluta de os verdadeiros AMIGOS existem...
Quanta sabedoria nos passa o HENRI AMIEL ao afirmar:"Quando o meu amigo está infeliz vou ao seu encontro, quando está feliz espero por ele."
Senti seu coração em cada frase registrada.Parabéns pelo seu post.
Beijinhos doces.
Regina Coeli

pensandoemfamilia disse...

Bom Dia Isadora

Forma simples e consistente de falar de amigos. O fios tecidos que formam uma bela malha em nossa vida, foi o que retratou tão bem.
Bjs, com carinho.

Tati Pastorello disse...

Isadora querida, hoje a blogagem coletiva está especial demais, um arco-iris!! Amei sua forma de contar sua vida pelas suas amigas. Conheço um pouco mais de você e gosto mais ainda! Que belas amizades você vem cultivando!! E desde a infância, o que as torna mais intensas!!
Amei! Beijos às 5! Vou lá conhecer a Fernanda!!!

Nanda Ribeiro disse...

Ai essa Mamu. Chorei de novo rs. E olha que vc me avisou. OBRIGADA AMIGA...POR TUDO, SEMPRE! Isso vai ter volta kkkkkkkkkkk. Bjs

Cadinho RoCo disse...

Muito legal ter amizades tão marcantes.
Cadinho RoCo

Isadora disse...

Fra, Regina, Norma, Tati obrigada pelo carinho de vocês. Hoje pela manhã eu estava comentando sobre o post e achei bom, mas não maravilhoso - rs. Estava falando que acho que escrevo melhor a história dos outros do que a minha, mas fico feliz por ter trasmitido aqui um pouco ao amor e carinho que tenho por essas quatro meninas amigas.
Um beijo

Minha amiga Fê, eu te liguei para falar que já tinha postado e para você ler. Leia os comentários deixados por amigas queridas.
Um beijinho

Lúcia Soares disse...

Isadora, simples, delicioso e sincero o seu depoimento sobre a amizade.
Acho lindo uma turminha que se encontra sempre. De sair e conversar a tarde toda, só tenho uma amiga. Tenho uma só de telefonemas, ela tem vida corrida, trabalha até tarde...
Engraçado que mesmo falando que não sou amiga das irmãs (não com intimidade, nos vemos como irmãs mesmo, seja lá o que isso significa, de conseguir separar irmã de amiga)só coloquei fotos de família.
Gostei muito de conhecer suas amiguinhas.
Beijos!

Lu Souza Brito disse...

Ai Isa, os grupos de amigos...são mesmo inesquecíveis. Com o passar do tempo ele se reduz, mas como digo a minhas amigas, só fica o melhor!
Parabéns a você e suas amigas!

Teresa Cristina disse...

lindo este post. Me fez repassar as minhas amizades, muitas conquistadas ainda na infância. bjuss

Teresa Cristina disse...

Adorei o post, fez relembrar as minhas amizades que continuam até hj e foram conquistadas ainda na infância!Bjuss

Mari disse...

Os amigos são nossos tesouros mais preciosos...isto é uma certeza.
Linda a sua postagem!
Boa semana Isa!
Beijos

Bordados e Retalhos disse...

Que lindo! Vc conseguiu contar a história e mostrar as amigas importantes pra vc. Ficou ótimo o texto e as fotos marcaram as palavras dando a devida importância a cada uma em cada fase da vida de vocês. Parabéns pelas belas amigas. bjs

Ivy disse...

Isadora, uma delícia seu post.

Realmente, não existe melhor sentimento...

Parabéns, vc tem, não um tesouro, mas, quatro... Sortuda, vc! rss

Bjs pra todas.

Ivy disse...

E como disse o Vinícius de Moraes...

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

Mulher de Fases disse...

Isa,
Amo meus poucos, raros e leais amigos (as)!!!
Sinto uma certa tristeza pela dificuldade de fazer novos...
Amigos verdadeiros sempre estão conosco.
Sempre estão presentes.
Carregamos cada um deles para onde quer que a gente vá e deixamos com eles pedacinhos de nós.
Bjs

C@urosa disse...

Querida Isadora,uma mensagem de paz, harmonia e uma semana produtiva.
A energia que nos move para dias melhores e muita felicidade.Linda essa postagem.

forte abraço

C@urosa

Beth/Lilás disse...

Lindas suas amigas, este carinho mantido por todos esses anos só demonstra o quanto vocês são verdadeiramente amigas e de um jeitinho simples nesta relação.
Parabéns!
bjs cariocas

Fabrício Santiago disse...

Oi Isadora, linda a história das suas amizades. Estudou no sagrado coração de maria? Eu estudei no Imaculado coração de maria em são cricri. É bom ter uma leitora do meu acanhado bloguito aqui do RIo. Eu soou Tijucano, deve ter percebido isso no mesmo textos, adoro falar sobre a insofismável Tijuca...rs
beijos
PS: Vê se não some

Açuti disse...

Oiii Isadora,

primeiro obrigada pelas palavras lá no meu cantinho, viu!!!
Lindo como escreve e descreve suas amigas!!! Amizades de uma vida, né!!!
Hoje tenho a noção real e o peso da amizade e acho isso tão bom!!!

bjksss coloridas, tenha uma excelente semana.

Wanderley Elian Lima disse...

Como é bom ter amigos. Eu tenho pouco mas são verdadeiros.
Beijos

Isadora disse...

Cadinho com certeza essas amizades de uma vida toda são dádivas.

Lu cada amizade a sua maneira, isso é certo mas sempre com uma dose de carinho e compreensão.

Querida Lu, você está certíssima ficam apenas os verdadeiros.

Tereza, os laços da infância e adolescência perduram. Tenho o maior orgulho!

Mari com certeza nossos maiores tesouros. Amigos que se aceitam como são.

Ivy o carinho de um amigos é algo inestimável.

Dani, aí está o segredo. Como já disse a querida Lu, ao longo da jornada poucos ficam. Apenas os verdadeiros.

Carlos, obrigada pelo carinho sempre. Que bom que gostou.

Oi Beth de fato são relações cúmplices, das quais tenho imenso orgulho.

Fabrício voltarei com calma para ler os seus post. Obrigada pela visita.

Açuti, obrigada a você pelo carinho deixado aqui.

Wanderley, isso que a Lu disse. Poucos ficam, mas são os sinceros e verdadeiros.

Um beijo a todos e obrigada por passarem por aqui.

ღPat.ღ disse...

Isa,

Muito especial cada amizade que conquistou! Independente de onde cada uma vive, guardá-las no coração desta forma é a maior prova de que amigos resistem ao tempo...

Lindo e simplesmente simples.

Beijos.

Irene Moreira disse...

Isa
Isso é simples e gostoso demais. Juntando vocês quatro dá para escrever um bom livro.
Adorei sua participação e como sempre me delicio lendo como escreves.
Beijos

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Oi minha linda!
Muito bonita a sua história de amizade! Isto é tão importante! Parabéns a vc e suas amigas por estarem compartilhando uma vida.
Beijinhos.

Flores e Luz.

Chica disse...

Isadora, tua postagem dos amigos ficou linda e como é bom tê-los por perto, ou mesmo saber que estão prontos sempre pra nos ouvir...e nós a eles.um beijo,tudo de bom,chica

Luciana P. disse...

Muito gostosa a sua história de amizades, Isadora. As imagens nos permitem viajar um pouco contigo nas lembranças...
Quem tem amigos assim, não tem como esquecer. Essa blogagem é muito boa!

Beijos pra ti e lindo dia!

Amapola disse...

Que postagem maravilhosa, Isadora.
Você compartilhou conosco, fragmentos lindos da sua vida.
As fotos são belas, e passam também, a verdade da sua emoção.

Um grande abraço pra você, e para todas elas, que fazem parte da sua história.
Tenham uma semana abençoada. Muitas alegrias, amiga.

Mona Lisa disse...

Olá

A verdadeira amizade é aquela que a distância não separa...

Bjs.

meus instantes e momentos disse...

que bom ter lido teu post.
Muito bom.
Maurizio

Sandra Botelho disse...

E existe coisa mais maravilhosa que os amigos?
Não certamente que não,
Bjos achocolatados

jefhcardoso disse...

Bacana essa iniciativa, Isadora. Deve ser muito legal participar assim, por temas e tal. Parabéns para todos que estão nessa.

Grande abraço do Jefhcardoso!

Hod disse...

Brilhante sua participação nessa coletiva Isadora.
Laços fortes que atravessam décadas. Amigos a familia que podemos escolher. Delicia ler-te.

Beijo pra vc.
Hod.

Silenciosamente ouvindo... disse...

É sempre muito interessante seguir
o seu blogue e até ler os comentários.
Penso que há mais blogues no
feminino e é interessante "nos
vermos através dos n/blogues".
Beijinho.Aqui chove./Irene

Flavia disse...

Anozinha, estou meio apressada agora pra enfrentar + um dia de trabalho, mas queria te dizer nesse momento que fiquei muito feliz em saber que fiz parte bem próxima da sua vida. Se é que eu já não sabia, hehehê!! Vc determinou bem, fomos muuuito próximas na infância e pré adolescência, até a fase da liberdade vigiada. Muito legal essas palavras!! Adorei e que bom que sente e sabe que poderá contar comigo seeempre. Muito obrigada pela sua amizade!! Flavia

Thaís disse...

Isa, ontem li o LINDO texto que a Fê escreveu para você. Consequentemente, vim hoje, bem cedinho ler o seu para as meninas.
Fiquei imensamente feliz em perceber que amizade verdadeira existe. Fico mais feliz ainda de ser amiga de vocês, pessoas tão especiais, que sabem dar valor a este nosso maior bem.
Queria dar parabéns a você pelos seus outros posts, que são de uma simplicidade de alma, e riqueza de conteúdo indescritíveis!!!
A partir de hoje, me junto ao grupo de fãs em prol do livro!!
Um beijo grande,
Cheio de orgulho de ter amigas escritoras(vcs estão demais!!Rs),
Thá

Isadora disse...

Flavinha e Thá, minhas grandes amigas do mundo "real", obrigada por terem passado por aqui e não poderia esperar de vocês palavras menos carinhosas e gentis.
Amo vocês.
Um beijo

Pat, obrigada pelo carinhos são amigas muito importantes e com as quais posso contar sempre.

Irene, nós quatro juntas teríamos sim muitas histórias para contas. Afinal, que vida não dá um livro.

Lu são amigas de uma vida inteira até hoje. Por isso acredito que amizade verdadeira existe sim.

Chica muito bom tê-las por perto. E olha que nem falei aqui de outras grandes amigas.

Amapola esse espaço virtual nos traz grandes surpresas e bom podermos compartilhar um pouquinho de nós.

Monalisa, a distância e a vida, ainda, que corrida não separa mesmo.

Maurizio que bom que você passou por aqui e gostou!

Sandra com certeza é uma alegria termos amigos tão queridos.

Isadora disse...

Querida Mônica sua passagem por aqui é sempre uma alegria. Obrigada pelo carinho.

Jefh essas blogagens coletivas são abertas a todos que queiram participar. Vamos?

Hod que bom tê-lo de volta. Obrigada por ter passado por aqui.

Silenciosamente, obrigada pela visita. É verdade nos vemos em vários escritos por aqui.

Fabiano Mayrink disse...

Oi Isadora bom dia! As amizades sao muito importantes na nossa vida, as vezes elas nos irrita rs, mais o amor nao vai embora, é como se fossem da familia, isso é muito importante, um abraço!

Simples Assim disse...

Oi Isadora, passei por aqui pra ler seuu post, amei! Bjo
Samara