17 de agosto de 2010

Dança do dia-a-dia



O cheiro de café recém-moído me chegou como uma carícia. Essas rotinas de cada dia nos unem mais que os alvoroços da paixão; quando estamos separados, é esta dança discreta o que mais nos faz falta.

Necessitamos sentir um ao outro presente nesse espaço intangível que é só nosso.

E temos também a dança noturna que desde o começo foi natural para nós: dormir abraçados tão juntinhos que, se um vira, o outro se acomoda, e se um se separa, o outro acorda.

(Soma dos Dias - Isabel Allende)

E diante da impermanência da vida, essa dança ritmada e cadenciada, do dia-a-dia,  nos revela uma linha permanente.

Conviver não é fácil, mas é um ato de Amor.

39 comentários:

Lis. disse...

Parabéns carioca, sou contra as noites de New York, onde ninguém fica com ninguém mais de uma vez.

E depois, também, para quem tem filhos não representa bom exemplo ser notivago e promiscuo.

Felina Mulher disse...

Fostes tão feliz na escolha Isa....O amor a dois é convívio. Um bom convívio precisa de respeito, perdão e flexibilidade.

"Conviver não é fácil, mas é um ato de Amor."...adoreiiii!


beijos da FE!

Tati Pastorello disse...

Que lindo, Isa! Concordo inteiramente. É necessário ceder, olhar com as lentes do outro.
Beijos,
Tati.

Bordados e Retalhos disse...

Isa eu adoro Isabel Allende. Antes desse livro ela escreveu Paula. Um livro em que ela conta todo o sofrimento da filha que está em coma. Pelo que sei em A soma dos dias ela escreve para Paula tudo oq ue aconteceu após a sua morte. Esse infelizmente ainda não li. Vc já leu? Bjs querida

Ester disse...

Que coisa linda, amiga!

Acredito que o verdadeiro amor nivela a rotina de maneira harmoniosa, se reinventa, colore com matizes de sensibilidade,
achei as palavras de Allende de uma delicadeza imensurável,
e sua frase final fecha lindamente, pois o amor faz proezas na arte da convivência,

Beijinhos,

pensandoemfamilia disse...

Olá

Chega aser poética esta descrição cotidiana. Transforma rotina em beleza transformaria muito a vida de muitos casais.

Deu vontade de ler o livro.
bjs

Crica Viegas disse...

Isabel Allende é maravilhosa. E sua sensibilidade tam bém. Adorei o texto!

Sandra Botelho disse...

realmente nos acostumamos tanto ao acomodar-nos nos braços de alguem, que se esse alguem simplesmente se vira na cama, já sentimos sua falata.
Lindo texto querida.
Bjos achocolatados

HSLO disse...

Eu sempre tento fazer da convivência com o outro um ator de amor...levo comigo a humildade, o respeito e a alegria, acredito que são fatores de grande importância na relação com o outro.

amei sua postagem.

abraços

Hugo

Daniel Savio disse...

Mas este prazer sempre vale a penas quando há amor...

Fique com Deus, menina Isadora.
Um abraço.

legalmente loira... disse...

nossa que encanto...
saio daqui de alma mais leve

Uma semana cheia de luz pra você

beijos

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

QUEM AMA DE VERDADE Ñ TEM ROTINA TUDO É MARAVILHOSO!
BEIJO

welze disse...

á uma dança que não acaba nunca. não cansa, não doi o pé, a música só é ouvida pelos dançantes. Embalados pelo ritmo do companheirismo e amor. lindo lindo lindo.

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

A vida a dois é uma delícia quando somos cúmplices do amor.
O dia nasce, e vamos superando os limites, cedendo um pouco aqui, ali.
Tenha uma semana de muita paz.
Com carinho, Lady.
Bj

Wanderley Elian Lima disse...

Convier é um ato de paciência e amor, só assim seremos capazes de viver com alguém ou em sociedade.
Beijos

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Lindo...lindo...
Ai ai...rsrsrs
Querida, uma feliz e abençoada semana pra vc.
Beijinhos flor.

Flores e Luz.

Pérola disse...

Obrigado flor pela visita.
Eu deletei a postagem, foi melhor assim,ñ vale a pena.
Vamos seguindo com sinceridade e franqueza o resto tiramos de letra ñ é?
Desculpe tá bom.
Beijokas mil.

diariodumapsi disse...

Isa
Como ficou linda a pintura do seu cotidiano!
gd beijo

Nilce disse...

Lindo, Isadora!

Realmente a convivência e o amor precisam estar em muita sintonia.

Bjs no coração!

Nilce

Sil.. disse...

Realmente conviver não é fácil.

Mas é um lindo ato de amor!

Beijoooo Isa!!!

Fátima disse...

Realmente conviver é um ato de amor que deve ser renovado e adequado ao som de cada dia.
Muito lindo Isadora.

Agradeço seu carinho viu!
Beijo no coração.

Beth/Lilás disse...

Que palavras mais lindas e sensatas, amei!
Eu que o diga nos meus 27 anos de casada, se não houvesse esforço de ambas as partes para esta convivência, não daria certo.
beijinhos cariocas

Fátima disse...

Oi Isadora!

Que lindo este post, amei!

Bjs

Luciana Penteado disse...

Ah, é como é boa essa sintonia. É, sim, um ato de amor ainda que a convivência doas dias desgatem um pouco a magia das emoções...

Adorei este post, tem leveza!

Obrigada pelo voto no concurso! Valeu mesmo! Beijos pra ti e um ótimo dia!

Everson Russo disse...

Que nessa dança do dia a dia o amor esteja sempre em harmonia....beijos de bom dia pra ti.

Lu Souza Brito disse...

Oi Isa,

Quem disse que seria fácil né? Mas que é um ato de amor, isso sem dúvida.
Beijinhos

Espaço Aberto disse...

Olá!
O nosso Blog está apresentando um grande amigo e Poeta Português.
Gostaríamos de contar com a sua presença nessa postagem, pois estaremos sorteando um livro, entre aqueles que participarem.
Estamos esperando você!
Receba o nosso abraço carinhoso

Isadora disse...

Meus amigos queridos, agradeço a todos, sempre, por todas as visitas e palavras tão carinhosas que deixam por aqui.
Um beijo a todos

Bordados e Retalhos disse...

Isa, vc soube que a Isabel Allende esteve em Paraty há uns dias atrás? Vc foi lá? Adoro aquela cidade. Lá acontece a festa Literária Internacional de Paraty. Esse ano ela foi uma das convidadas. Querida essa história que contei no meu blog já ocupou minha cabeça dia e noite, como agora ocupa minha história com Vinícius. Já sofri muito por isso e foi na fé que consegui perdoá-lo. Depois que ele casou ficou tudo muito pior, pois sua esposa nos afastou mais ainda. Perdoei a madrasta também. Hoje, ele está separado dela e dos filhos. Vive pratcamente abandonado num pequeno apartamento em cima dacasa deles. Nunca desejei isso pra ele, mas sou, inelizmente a única filha quie o acolhe. Nem tive coragem de contar isso no blog. Obrigada pelo Lindo comentário, vcs são minha força. Bjs

Cacheada disse...

eu adooooro cheiro de café, mas odeio o gosto
me embrulha o estomago
:s
adorei o jeitinho na cama... é como se os dois dormissem, maios ou menos no meio!

AFRICA EM POESIA disse...

Passei e deixo o meu sorriso

SORRIR

Sorri...
Sorri sempre...
Aproveita...
A Vida...
O Sol...
O Amor...
E vai srrindo...
Olha o belo...
Olha o lindo...
E continua a sorrir...
Faz da vida...
O teu grande sorriso...
Pois é muito bom...
Saber sempre sorrir...

LILI LARANJO

C@urosa disse...

Olá querida Isadora, pois é, a convivência é fod...realmente, não é fácil, mas o amor pleno,quentinho aconchegante, paga a pena e todos os desconfortos.

forte abraço

C@urosa

Marcos disse...

Olha, realmente pequenas coisas do dia a dia fazem a diferença..

adoro o cheirinho de lar... um bolo, um assado, um roupa lavada e outras coisas que somente sabe o valor quem as tem ou quem as perdeu...

bjs

Gilmar disse...

Conviver é sim, um profundo ato de amor! Significa permitir-se, por inteiro,ao outro e com o outro estabelecer os passos, ritmados ou descompassados...mas com o outro!

Não é nada fácil... Não mesmo! E essa descoberta, dia após dia, que fazemos de nós mesmos, em nossas limitações e extrapolações, é o que instiga o persistir na busca... É o que provoca a direção ao encontro do outro...

Meu carinho a você, Isadora!

Fernanda disse...

Oi Isadora! muito obrigada pela visita. Vim visitar seu cantinho também. Curioso! hoje eu estava vindo pra casa e "eternamente poetiza" vim pensando na saudade que trazia no coração e deixei brotar os versos que diziam...

meu corpo já te conhece. Não pela paixão fulgaz ou nada corporal, mas pela ausência que já faz sentir sua falta.
vou até escrever no canto de poesia pra não esquecer.
E hoje leio algo parecido com isso. Essa palavra dá muito assunto né? Conviver.
e você formulou uma frase belíssima. É de verdade, um ato de amor.
Muito feliz em "conhecê-la".
Te acompanho também.
abs,
ĥ

meus instantes e momentos disse...

que ótimo e belo post.
Que bom teu blog.
Tenha um dia feliz.
Maurizio

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida.

Cantinho She - Sheila Mendonça disse...

Que lindoooooooo! Ai, ai...bjo, bjo! ;)

Irene Moreira disse...

Lindo demais e como faz bem estar nessa dança.

Beijos