23 de julho de 2010

O Homem de Sobretudo



Vestiu o sobretudo e o ajeitou cuidadosamente. Colocou o gorro de forma que cobrisse todo o cabelo. Fez a última revista para ver se não esquecera nada: carteira, chaves, celular e o pequeno pacote. Tudo em ordem.

Ao sair do prédio, viu que uma chuva fina insistia em cair. Olhou para os lados e decidiu seguir a pé. Estava apenas a sete quadras de seu destino.

Colocou o pequeno pacote dentro do sobretudo. Não queria correr o risco de molhá-lo.

Andava calmamente alternando com passo apressado. A cada sinal verde, um leve desconforto. Parava e olhava apreensivo para os lados.

Olhou para o relógio e uma ruga apareceu na testa. Olhou mais uma vez como para se certificar.

Achou melhor subir um pouco mais a gola, fazia frio.

Estava quase se aproximando do destino. Caminhou mais uns cem metros e parou em frente a um prédio de não mais que oito andares em uma rua residencial. Pouco movimento pensou aliviado.

Dirigiu-se ao interfone e apertou no 403. Uma voz de mulher surgiu.

- Alô

- Sou eu.

- Vou abrir.

Olhou mais uma vez para os lados, não avistou uma viva alma. Entrou, sorrateiro, no prédio e dirigiu-se ao elevador. Se tivesse sorte não cruzaria com ninguém.

O elevador rapidamente chegou ao quarto andar e ele saiu apressado. A porta do apartamento estava entreaberta e o cômodo escuro, exceto pela pequena nesga de luz. O único som audível era o de respiração. O silêncio que se seguiu foi cortado pela voz que ouvirá pelo interfone.

- Carlos, entra logo.

- Onde eu coloco? Tirou o pequeno pacote de dentro do casaco.

- Coloca sobre a mesa.

Nem bem colocou o pacote sobre a mesa e ouviu um barulho de chave. Alguém abre a porta, lentamente, e de repente num só coro todos começam a cantar: parabéns pra você, nessa data querida...

Ufa! Ainda bem que conseguiu chegar a tempo na festa surpresa do André.

34 comentários:

Mila Viegas disse...

Credo, que susto!!! kkkkk... pensei que fosse um terrorista. Um pacote? Nunca ia imaginar festa surpresa.. kkkk. Muito bom!!!
beijos

Kelly Soares disse...

Amei! Adoro quando o previsivel nos engana completamente!
Um beijo enorme
Kelly

Lis. disse...

Viu como é fácil escrever novela carioca? E o Jardim Botânico está aí bem pertinho... rss

Louise Oliveira disse...

rs Vc é boa de suspense. Quando ele estava n porta e disse q se tivesse sorte n cruzaria com ninguem, eu pensei, "Não a Isa, não escreveria algo assim, mas fiquei ansiosa pelo desfecho." kkk
Bjs! Amigaaaaaa.
Lu

Bordados e Retalhos disse...

Isa, li com o coração aos pulos... com medo do desfecho. Adorei!!!!Bjs

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

KKKKKKKKKK MUITO BOM!!
ADOREI!

Beth/Lilás disse...

Nossa, você é boa até no suspense!
Gostei demais.
bjs cariocas

Luciana P. disse...

Ufa... que suspense, rsrsrs... pensei que seria outra coisa. Por que será qu a gente sempre espera o pior?! Hahahahha, adorei o suspense da história. Beijos pra ti!

*** Cris *** disse...

Adoro esses mistérios...rs.
Bjs!

Graça Pereira disse...

Perfeito! Quase um filme de Hitchcock.... adoro estes contos de finais em...suspense!! E tu escreves maravilhosamente bem...Parabens.
Beijocas
Graça

Andrea Pagano disse...

Isa vc é um barato!
Só vc mesmo...
Eu estava indo na sua onda e tals...e Ráaaaaaaa
Vc me acordou do sonho ruim...rsrrs
A gente anda tão contaminado que nem consegue mais pensar positivo nem nas crônicas...Aff
Bjs, adorei!!!

cantinho she disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk simplesmente sensacional, ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!
Parabéns Isa, ficou ótimo!
Bjo, bjo!

Tati Pastorello disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
E eu achando que eram as alianças... hehehehe
Rômantica? Eeeeuuu?? hehehe
Adorei! Cada dia melhor, hein Isa?
Beijos.

Sandra Botelho disse...

Ah faz isso não...Quer me matar de susto.?
Amei isso heim.
Bjos achocolatados

Marcos disse...

Muito legal, me pegou direitinho, achei que o cara ia entregar um anel de noivado...

Mas a festa do andre tá valendo..rs..rs..rs

bjs

Hod disse...

Oi Isa,

Até parece que me vi retratado em sua história, pelo menos do inicio até esta parte. Idêntico.
(......)" Andava calmamente alternando com passo apressado. A cada sinal verde, um leve desconforto. Parava e olhava apreensivo para os lados"............
KKKKKKKKKKKKK,....

Brilhante.

Beijo pra ti.

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

hahahahaha...ai Isadora rs e eu aqui achando que eram amantes e que no pacote haviam preservativos e que o marido dela ia flagrar tudo hahahahahahaha...que mente devassa! rsrsrsrsrs
Muito bacana! rsrsrs.
Beijinhos flor.

Flores e Luz.

Sil.. disse...

Hahahahahahahahaha, perfeitooooo Isa.
Eu já estava imaginando um filme de terror, com um final horrorosoooooo kkkk

Beijooooooooo, minha queridaaaaa!

Flavio Ferrari disse...

Lembrou uma brincadeira de infancia ... meia noite, uma mulher .... com uma faca na mão .... passando manteiga no pão ...

legalmente loira... disse...

oi Isadora hahahahaha
adorei o suspense!!
imaginei varias coisas mas eis que derepente hahahaha..muito bom.
bjos.

meus instantes e momentos disse...

rsrs.
vim conhecer teu blog.
e já comecei gostando.
Maurizio

Anônimo disse...

Parabéns, Isa... Muito bom o seu conto... Forte abraço!

Geraldo

Rafael Castellar das Neves disse...

hahahaha....muito bom...assustador, de repente, muda tudo...muito legal!!

[]s

Manuela Freitas disse...

Óptima narrativa, escreves realmente muito bem!...No meu caso, era de dizer: mente poluída!
Estava a ir na onda de um encontro amoroso clandestino!...
Bjs,
Manú

C@urosa disse...

Olá amiga Isadora, que susto! ainda bem que era uma bela "boca livre", estou adorando, muito gostoso de ler, parabéns.

forte abraço

C@urosa

Andrea Pagano disse...

Oi Isa,
Obrigada pelo carinho, mande sim o e-mail...
Bjs

pensandoemfamilia disse...

Quanta suspense e um final em família,rsrsrs,

AmoJoias disse...

Oiii
Waw que lindo! Adorei o jeito que vc escreve! Perfeito!
bjinhusss

Isa mar disse...

Oi Isa, voltando... também imaginei outra coisa no final rsss
Ótimo fim de semana pra você amiga!

Kyria disse...

ADOREIII

Kyria disse...

Adorei seu conto Isa, me prendeu do princípio ao fim com um desfecho leve e surpreendente, parabéns, bjs.

VELOSO disse...

Uma história muito gostosa com um suspense caprichado ! Gostei! Encaminhei as folhinhas para o outro email!

Jeanne disse...

Isadora, que narrativa maravilhosa! Acompanhei com muita curiosidade, imaginando um final totalmente diferente,rsrsrs...
Ficou ótimo...
Beijos

Daniel Savio disse...

Já estava começando a ficar preocupado (parecia que era membro de alguma grupo criminoso)...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Isadora.
Um abraço.