13 de setembro de 2010

Entre e fique à vontade!

O que no início era apenas uma visita esporádica com o passar dos meses tornou-se rotineira. Todos os dias passaram a ter o mesmo ritmo. Pela manhã, varria a casa, passava pano úmido no chão e com um flanela e um espanador tirava o pó dos móveis.

A casa e seus pertences eram simples, porém de bom gosto. Seus pais haviam se esmerado nos presentes de casamento, principalmente, na louça. Sua melhor toalha já estava separada e o jogo de chá também.

No início da tarde fazia da cozinha seu estúdio, e lá com maestria coordenava formas, batedeira, espátulas e os ingredientes que tomavam forma através de suas delicadas mãos. Para esta tarde decidira fazer uma receita de pão recheado e, literalmente, colocou a mão na massa. Enquanto preparava a massa, ligou o forno.

Colocou o pão para assar e foi tomar banho. Logo, suas duas convidadas chegariam.

Tomou um demorado banho, passou seu creme de corpo (ultimamente esta era a sua única vaidade), secou o cabelo com a toalha mesmo, colocou um vestido de algodão e uma sandália confortável. Suas convidadas não se preocupavam com sua aparência. Podia as receber de cara lavada mesmo.

O aroma do pão misturado ao tomate, ao alecrim e ao queijo, agora,  preenchia toda a cozinha e conseguiu arrancar de seus lábios, um discreto sorriso. Passou um café fresquinho e entre aromas foi arrumar a mesa.

Ouviu a campanhia tocar e correu para abrir a porta. Era impressionante com as duas eram pontuais.

Continua...
(amanhã , aguardem postarei a parte final do conto!)

26 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Pãotuais ...

Tati Pastorello disse...

Ah, fala sério... Vai deixar a gente na curiosidade?
Quero maaaais!
Beijos.

Cadinho RoCo disse...

Gosto da pontualidade.
Cadinho RoCo

Cantinho da Cê disse...

Hummmmm que delícia deve estar o pão...vou esperar até amanhã...

Mila Viegas disse...

Afff, assim não vale... kkkk.. vou ter que esperar. Me deu até vontade de tomar um cafezinho enquanto aguardo a nova postagem.

beijos

Lis. disse...

Estamos na expectativa...

Daniel Savio disse...

Interessante, mas parece uma reunião do chá, contudo não penso que se reunam apenas pelos quitudes...

Fique com Deus, menina Isadora.
Um abraço.

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querida

Tb vou ser pontual. Voltarei amanhã sem falta !!! Esse paozinho recheado...ah !...Guarde uma fatia para mim, combinado ?
Amei cada detalhe !!!
Beijossss
Fátima Guerra

Lua Nova disse...

ai... tão relaxante... cheiroso... tão gostosa tarde... imaginei um sol suave, uma brisa amena, as cortinas dançando na janela...
uma alegria discreta e confortável no coração... E esse pãozinho deve estar uma delícia!!!
Conta mais... !!!!!
Beijokas...

Mariana disse...

Tu sabes se curiosidade matasse de mim não existiriam nem as cinzas.
é só por isto que tu continuarás amanhã.
Ai meu Deus, passa logo estas horas....passa,passa...
Linda a imagem,deu uma vontade de tomar um chá.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

A NEM SÁ...KKKKKK

diariodumapsi disse...

Ah!
Na melhor parte? Estou curiosa para ler o restante.
Gd beijo

VaneZa disse...

Não gostei... :( ... assim não vale!!! E pra completar ainda me deu fome :(

Beijozzz

Cris França disse...

vou esperar. bjs querida

pensandoemfamilia disse...

Sou curiosa, mas sei esperar.
Amanhã volto para o chá.

Clau Finotti disse...

Isso não se faz... fiquei curiosa...rs...

Bjão.

Clau

Bordados e Retalhos disse...

Vou ficar esperando o final Isa. Vc leu Paula? Porque em A soma dos dias ela retoma várias passagens de Paula. Confesso que, apesar de estar adorando o livro, Paula me passou muito mais emoção. Mas Isabel Allende é sempre maravilhosa. Bjs

HSLO disse...

ai fiquei curioso viu...

abraços
de luz e paz

Suziley disse...

Hehehehe...fiquei curiosa também, Isadora...hehe!! Humm, até senti o aroma do pão..hehehe!! Então, amanhã venho ver o final do seu conto. Um grande beijo, boa noite :)

Vieira Calado disse...

Entretanto,

como estou a beber um uisq

um chàzinho até não ia mal...

Beijocas

Cacá disse...

Entrei, fiquei tão à vontade que só saio depois do final desse conto. rsrs. Abraços, Isadora! Paz e bem.

Misturação - Ana Karla disse...

Fiquei curiosaaaaaa!
xeros

Socorro Melo disse...

Tô curiosa pra saber o rumo dessa história. Me parece boa...

Beijos
Socorro Melo

Espaço Aberto disse...

Quem nesta vida já não conheceu aquela pessoa que vive reclamando, a qual é praticamente impossível fazer companhia dada a sua antipatia e/ou mau humor frequente? Se você quer saber mais sobre esse problema, venha ao nosso blog ler a matéria da nossa amiga Carmem.
Um abraço carinhoso

Françoise disse...

Não poderia ler o conto de tras pra frente, entonces, passei aqui e amei, vamos lá que estou curiosa pra ver o que vai acontecer.....tchau, volto já!!!!
Bjos

Gilmar disse...

Como eu me atrasei na leitura, fica fácil agora, pois já está publicada a segunda parte (rsrs). Estou curioso, com os desdobramentos.

Vou lá conferir!